quinta-feira, dezembro 20, 2018

Algumas Messier


Imagens obtidas em 18 de dezembro de 2018 com a Lua em Quarto Crescente
Takahashi 102FS f/8, Canon 350D modificada e com filtro CLS 
Guiagem com ZWO ASI224mc em OAG
Montagem equatorial alemã iOptron CEM60
Operação WiFi via hotspot do RPi Stellarmate com plataforma Ekos/INDI
Kstars/Skysafari e Plate Solver Astrometry.net
Local: Fajã de Baixo, Ponta Delgada, Azores







quarta-feira, dezembro 19, 2018

46P/Wirtanen em 18 dezembro


Sessão de 18 dezembro 2018

Observando o cometa 46P/wirtanen sob Lua em Quarto Crescente


Observando a Nebulosa de Orion


 Guiagem com o Ekos e ASI224mc


Plate Solver do Ekos/INDI

segunda-feira, dezembro 17, 2018

quinta-feira, dezembro 13, 2018

46P/Wirtanen

https://www.facebook.com/joao.porto.9/videos/2619677398072333/


46P/Wirtanen em 7 dezembro com a plicação de filtro Larson-Sekanina. Coloca em evidencia a rotação do cometa e os prováveis jatos de poeira e gelo emanados pelo núcleo cometário.


terça-feira, dezembro 11, 2018

Nebulosas: IC405, IC434 e IC1499




Cometa e mais cometas ou 3 cometas P


Plataforma Kstars-Ekos-INDI com Stellarmate


 Trajecto do cometa W46P em 45 minutos


46P imagem produto da integração centrada no cometa


46P imagem produto da integração centrada no campo estelar


38P/Stephan Oterma


64P/Swift Gehrls


Setup usado na aquisição das imagens

Supernova na M77


Em 7 de dezembro registámos a supernova tipo II (zhost=0.003793) com uma magnitude aproximada de 14,5 e localizada na Messier 77. 

Sky plot

segunda-feira, dezembro 03, 2018

Cometa 46P/Wirtanen


Em 3 de dezembro por escassos minutos tivemos uma aberta no céu permitida pela depressão Etienne. Mesmo com nuvens constantes a passar e alguns aguaceiros e ainda com o cometa muito baixo no horizonte, com uma intensa poluição luminosa de sódio de um candeeiro de iluminação pública,  e com a "artilharia" instalada dentro de um quarto com a janela aberta, virados ao quadrante sul, conseguimos fazer 9 imagens do cometa 46P/Wirtanen.
Sem colocação em estação da montagem iOptron CEM60 e apenas com a preciosa ajuda da astrometric.net que com um "capture and solve" colocou o campo de visão do telescópio absolutamente centrada, consultando on-line os catálogos estelares, finalmente...finalmente tivemos um vislumbre em forma de borrão luminoso deste pequeno cometa que agora se aproxima do nosso planeta. Apesar da fraca qualidade da imagem é notória a presença de uma cauda cometária iónica e uma cabeleira bastante grande que deverá atingir o tamanho de uma lua cheia em céus mais escuros.
Todo o processo foi conduzido remotamente através do StellarMate. Isso inclui a focagem, a guiagem com uma camara ASI ZWO224mc, a captura de imagens com a Canon 350D com filtro CLS e dotada de um DSUSB para exposições acima dos 30 segundos e ainda o controlo da iOptron CEM60. Utilizámos o Kstars com as plataformas Ekos e INDI.
As imagens foram processadas com o software Irís e não levaram pré-tratamento (darks, flats ou offsets). 
Foi o melhor que se conseguiu arranjar!




No serão do dia 5 de dezembro voltámos a tentar "apanhar" o 46P sem grande sucesso devido à continua passagem de nuvens que bloqueavam a guiagem com ASI224mc e obrigavam a fazer plate solve. Só conseguimos fazer 10 imagens úteis de 40 segundos e o resultado não foi melhor que os anteriores.





A plataforma Kstar-Ekos-INDI em operação


Uma ideia da poluição luminosa e das condições de observação.