sexta-feira, dezembro 19, 2008

A primeira grande conferência do 24ºciclo solar




Realizou-se recentemente em Napa na Califórnia entre os dias 8 e 12 deste mês um grande encontro sobre a actividade solar com a participação da ESA, NASA e JAXA. Será a primeira desde que o 24º Ciclo solar teve início.

quinta-feira, dezembro 11, 2008

A Primeira Actividade do OASA




Regista-se aqui a realização da primeira iniciativa de divulgação científica do Observatório Astronómico de Santana Açores (Ribeira Grande, S. Miguel) nos dias 4 e 5 de Dezembro, com sessões do planetário para 293 alunos dos 7º e 10º anos de Física e Química da Escola Secundária Domingos Rebelo em Ponta Delgada. Esta acção partiu da iniciativa do professor daquela escola, Carlos Pereira e foi dinamizada pela equipe do OASA,Patrícia, Carla, Daniela e Sérgio.

quarta-feira, dezembro 10, 2008

Inserção de Segundo Intercalado (Leap Second) no dia 31 de Dezembro





Em conformidade com a Circular C36 do IERS (International Earth Rotation and Reference Systems Service), será acrescido um Segundo Intercalado positivo na escala de Tempo Universal Coordenado (UTC), no fim do mês de dezembro de 2008.

Transcrevemos a Circular:


INTERNATIONAL EARTH ROTATION AND REFERENCE SYSTEMS SERVICE (IERS)

SERVICE INTERNATIONAL DE LA ROTATION TERRESTRE ET DES SYSTEMES DE REFERENCE

SERVICE DE LA ROTATION TERRESTRE
OBSERVATOIRE DE PARIS
61, Av. de l'Observatoire 75014 PARIS (France)
Tel. : 33 (0) 1 40 51 22 26
FAX : 33 (0) 1 40 51 22 91
e-mail : services.iers@obspm.fr
http://hpiers.obspm.fr/eop-pc

Paris, 4 July 2008

Bulletin C 36

To authorities responsible
for the measurement and
distribution of time


UTC TIME STEP
on the 1st of January 2009


A positive leap second will be introduced at the end of December 2008.
The sequence of dates of the UTC second markers will be:

2008 December 31, 23h 59m 59s
2008 December 31, 23h 59m 60s
2009 January 1, 0h 0m 0s

The difference between UTC and the International Atomic Time TAI is:

from 2006 January 1, 0h UTC, to 2009 January 1 0h UTC : UTC-TAI = - 33s
from 2009 January 1, 0h UTC, until further notice : UTC-TAI = - 34s

Leap seconds can be introduced in UTC at the end of the months of December
or June, depending on the evolution of UT1-TAI. Bulletin C is mailed every
six months, either to announce a time step in UTC or to confirm that there
will be no time step at the next possible date.



Daniel GAMBIS
Head
Earth Orientation Center of IERS
Observatoire de Paris, France

Para mais informação visitar o site da USNO.

sexta-feira, dezembro 05, 2008

DESCOBERTA ESCOLAR

Do Fórum astroPT transcrevemos:

"Descoberta escolar
Notícia na hora!!! Foi tornada pública há minutos atrás!

3 alunos de licenciatura da Universidade Leiden, na Holanda, descobriram um planeta extrasolar!! Os alunos chamam-se Francis Vuijsje, Meta de Hoon, e Remco van der Burg (na ordem em que aparecem na foto abaixo).

O planeta tem o nome OGLE2-TR-L9b, mas a sua alcunha é ReMeFra-1 devido aos nomes dos descobridores.

Para conseguirem ver o planeta nos dados, o computador teve que fazer cálculos durante mais de mês e meio.

O planeta é 5 vezes mais massivo que Júpiter, tem uma órbita de 2.5 dias, o que leva a que esteja só a 3% da distância que a Terra está do Sol, é o 1º planeta descoberto a orbitar uma estrela de rotação rápida, a estrela hospedeira é a mais quente até hoje descoberta com planetas a orbitar, e o planeta, devido à sua proximidade à estrela, terá uma atmosfera a ferver!"

terça-feira, dezembro 02, 2008

Conjunção e Ocultação - imagens


Reparar nas Luas em torno de Júpiter.





Período pós-ocultação Lua-Vénus, 1 de Dezembro de 2008
Todas as imagens foram obtidas com uma Canon 350D com uma objectiva de 300mm montada num simples tripé. Tempos de exposição entre 1 e 8 segundos a 100 e 800 ISO.
Devido às más condições atmosféricas não foi possível apanhar os momentos cruciais da ocultação.




Média de 7 imagens.


Dia 28 de Novembro: conjunção Vénus - Júpiter



Ponta Delgada e a conjunção Vénus-Júpiter














Um Gif animado daquilo que foi possível ver.

quinta-feira, novembro 27, 2008

Ocultação de Vénus pela Lua - 1 de Dezembro


Imagem cortesia da AAAM (Associação Astrónomos Amadores da Madeira).


Tem início às 15.28 e termina às 17.09 UTC





Apesar de ser dia, a visibilidade do fenómeno não está comprometida e poderá ser acompanhado, para maior facilidade e conforto, utilizando binóculos.

Ocultação pelo asteróide (776) Berbericia no dia 1 de Dezembro



Mais informações aqui.


Também no dia 2, outro asteróide, o (10386)Romulus irá ocultar outra estrela.


No dia 14, o (3687) Dzus.


Dia 15 o (5900) Jensen.


Dia 16 o (194) Prokne.


Dia 29 o (9) Metis.


Uma mão cheia de ocultações para os Açores. Para mais informações poderão contactar-me.

quarta-feira, novembro 26, 2008




Do Núcleo de Divulgação do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto, recebi este email que passo a divulgar:



O Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) está a
organizar, com o Grupo de Física Solar do Ano Internacional da
Astronomia 2009, uma actividade mundial intitulada "Alvorada do AIA2009".


Muito resumidamente, esta actividade é uma campanha global de observação
solar, a ser efectuada no dia 1 de Janeiro de 2009. Esta actividade
procura ser um primeiro cartão de visita do Ano Internacional da
Astronomia 2009 e uma maneira de mostrar a um público global que o Sol
não é apenas uma bola amarela.


Convidamos todos os astrónomos amadores nacionais a aderirem aquela que
será uma das maiores campanhas mundiais de observação solar.


Para mais informações e registo, podem consultar a nossa página em:
http://www.astro.up.pt/caup/eventos/dawn2009/index.php\?lang=pt





Em Portugal a actividade conta com o apoio da loja Brightstar, que
oferece um desconto de 40% nos filtros solares Astrosolar Film A4
(Baader) a todos os participantes registados.




Ricardo Cardoso Reis
Núcleo de Divulgação
Centro de Astrofísica da Universidade do Porto
e Grupo de Física Solar do AIA2009

terça-feira, novembro 25, 2008

Conjunção tripla



No dia 29 de Novembro dois planetas, Júpiter e Vénus, vão estar distanciados menos de 3 graus e no dia seguinte uma Lua em Quarto Crescente a 10% juntar-se-á ao grupo para formar um triângulo que será extremo no dia 1 de Dezembro com a Lua em 15% da sua fase e formando um triângulo isósceles quase perfeito. Ver os mapas aqui presentes.

sexta-feira, novembro 21, 2008

O artigo sobre a ocultação de uma estrela por Titania




O artigo sobre a ocultação de uma estrela por Titania já esta online na revista Icarus


A ocultação teve lugar no dia 8 de Setembro de 2001, e as regiões mais favoráveis para a sua observação a América do Sul (Equador, Peru, etc), e os Açores. O "rasto" desta ocultação em Portugal era mais central, exactamente nos Açores (São Miguel/Santa Maria).

A estrela SAO 164538 (J2000 RA 21h 38m 14,0s e Dec -14º 54´36 ´´ ) era muito brilhante (magnitude V=7,2), contrastando com a fraca luminosidade da lua Titania (13,9), o que permitia uma fácil detecção do fenómeno. Um dos objectivos centrais desta observação era descobrir a existência de uma atmosfera nesta lua. O seu raio era de 800 km, maior que o de Charon (lua de plutão), e 60% o de Tritão. A sua temperatura registada no infravermelho era aproximadamente de 60º Kelvin. Tendo em conta um diâmetro de 1580 km (representava 0,114 segundos de arco), uma ocultação central duraria 76 segundos.

Também se presumia a existência de uma ténue atmosfera de azoto com pressões à superfície da ordem de 0,1 a 1 microbar e que esta , se estivesse em "outburst" (como as atmosferas cometárias), a sua densidade poderia ser detectada através de uma variação do fluxo luminoso de forma mais gradual.

Produzimos na altura um filme vídeo (PAL e NTSC) com a duração de 3 horas (12,1 Mb), dado que seria possível detectar outras ocultações revelando luas menores de Urano (com 3 a 5 km de diâmetro), assim como um filme digital em formato mpeg e avi com mais de 600 Mb. Toda a informação transitou para análise para o Observatório Meudon em Paris que publicaria os resultados.Finalmente foram publicados !

As imagens e os filme foram produzidos com um telescópio LX200 de 12" de diâmetro com uma CCD Soligor aplicada num flip-mirror. A cadência de "frames" foi de cerca de 25 por segundo.

segunda-feira, novembro 17, 2008

quarta-feira, novembro 12, 2008

Novo grupo de manchas solares



Um novo grupo de manchas solares apareceu recentemente na fotosfera solar, pertencente à Região Activa 1008 e indiciando que o 24º Ciclo começou, deixando o Minímo Solar para trás.Este grupo é claramente bipolar da classe Dai, podendo vir a ganhar maior complexidade magnética nos próximos tempos e a gerar alguns pequenos "flares".

segunda-feira, novembro 10, 2008

A Lua


Pequeno mosaico da Lua obtido com MX916 0,01s em 7/11/2008 22h30m UTC.

quinta-feira, novembro 06, 2008

O Sol




Depois da passagem da mancha solar pertencente à Região Activa 1007, o Sol voltou a hibernar. Apenas alguma pequenas (??) proeminências como atesta a imagem obtida ontem na linha de emissão do Halfa.

Globulares em Canis Maioris


Sirius, a estrela mais brilhante do céu.


No dia 5 de Novembro entre as 4 e as 6 da manhã realizámos um conjunto de imagens de alguns enxames globulares na constelação do Cão Maior em torno da estrela mais brilhante do céu: Sirius.


Utilizámos um C8 e uma MX916 e "trabalhámos" nas "abertas" criadas pela passagem quase contínua de nuvens, daí o fraco "stack" de imagens (7 a 8) e a presença de muito "ruído".



M41 6x30s



M46 e a nebulosa planetária NGC 2438



M47 6x40s



M93 8x40s



NGC 2362 8x40s



NGC 2482 2x40s

quinta-feira, outubro 30, 2008

Cometas nos próximos mêses



Nos próximos tempos poderá observar alguns cometas com instrumentos de diâmetro pequeno (binóculos e lunetas) em especial o C/2007 N3 Lulin, o 17P/Holmes e o 85P/Boethin com magnitudes visuais respectivamente de 4.0, 5.0 e 7.0.

Consulte o site de Seiichi Yoshida aqui.

Asteróide oculta estrela no dia 1 de Dezembro



No dia 1 de Dezembro de 2008, o asteróide (776) Berbericia ocultará uma estrela de magnitude 13.0 na constelação dos Gémeos. Este fenómeno poderá ser observado nas ilhas de São Miguel e Sta. Maria.
Para mais informação consultar este site.

segunda-feira, outubro 27, 2008

Júpiter com menos turbulência



Como resultado de um céu um pouco mais estável, no dia 24 fizemos alguns AVI`s com uma SPC900 com cerca de 1400 frames trabalhados posteriormente com o Registax e um C8 a f/25. O resultado é um pouco melhor devido sobretudo á maior estabilidade atmosférica já que as restantes condições se mantiveram inalteradas.

Também "apanhámos" Neptuno com duas exposições de 30 segundos sem utilizar qualquer pré-tratamento (Darks,Flat ou Bias`s).A ccd pertencia a uma MX916 e a montagem equatorial foi feita a "olho". Aqui fica o registo:

quinta-feira, outubro 23, 2008

A turbulência atmosférica

A turbulência atmosférica produziu uma nódoa e não um planeta !
Ontem, 22 de Outubro a neblina alta e altos cirrus com a ajuda da poluição luminosa de um candeeiro de luz de sódio no canto da casa onde vivo,deu este resultado que aqui reproduzo. Ainda se consegue ver a lua Ganimedes a fazer o seu transito em frente ao planeta.

quarta-feira, outubro 22, 2008

Astronomia e nuvens

Cada vez está mais difícil fazer uma sessão de astronomia sem que tenhamos de enfrentar más condições atmosféricas. Depois de umas longas férias, devido às obras de ampliação da minha casa, resolvi tirar o pó ao equipamento. A boa notícia é que os telescópios continuam colimados e os ccd`s a funcionarem em pleno. A má notícia é que as nuvens e o nevoeiro não nos largam e isto cada vez mais se parece com um clima tropical (23ºC + 90% humidade).
Tentando fazer algumas imagens, só conseguimos "apanhar" o planeta Júpiter e as suas luas e o cometa Boethin entre muitas nuvens. Este último consta apenas de uma imagem de 30 segundos e completamente descentrado ...
Para que conste...



Júpiter e as suas luas alinhadas.



Cometa 25P/Boethin descentrado e cheio de "ruído" por causa das nuvens
Imagem de 30 segundos... Não deu tempo para mais nada!

terça-feira, outubro 21, 2008

Poluição Luminosa



Agora que vamos ter um Observatório Astronómico a funcionar, é de esperar que as Câmaras Municipais e a EDA tenham em atenção o facto de sermos uma ilha, um meio muito pequenino, com sensibilidades de natureza ecológica acrescidas, onde o turismo aprecia mais as condições naturais do que o artificialismo da luz de sódio e onde o impacto económico da iluminação desbragada de scuts e vias se faz sentir directamente na bolsa de quem cá vive.
Agora que o Veríssimo nos deixou, ainda o seu cadáver não arrefeceu, outros, já anunciam querer ocupar o nicho. Esperemos que a "oportunidade" não se revele um logro a mando político e que saibam prezar os interesses desta terra e das gerações futuras.
A propósito leiam o artigo sobre poluição luminosa saído na National Geographic.

segunda-feira, outubro 20, 2008

João Gregório descobre Variável



O astrónomo amador João Gregório continua a dar importantes contributos científicos para a Astronomia.
No Diário de Notícias de sábado passado e na AAVSO foi centro de toas as atenções.
Sinto-me orgulhoso pelo acontecimento e não quero deixar de dar os parabéns ao amigo João Gregório.

sexta-feira, outubro 17, 2008

Asteroide oculta estrela hoje



Hoje, dia 17 de Outubro, o asteróide (374) Burgundia ocultará uma estrela de magnitude 11.1 na constelação do Escudo (Scutum) para observadores situadas na Europa de oeste e nos Açores a "esteira" de ocultação será máxima em Santa Maria e durará 1,8 segundos.
Para mais informação ver AQUI. A estrela ocultada é a TYC 5704-00628-1.



No dia 19, outro asteóide, o (1520) IMATRA oculta a estrela TYC 5158-000965-1 entre as 20h51m e as 21h0m UT e será parcialmente visível de Santa Maria.
Veja o mapa.

As próximas ocultações observáveis dos Açores serão a 5 de Novembro (S. Miguel) e 6 de Novembro (Grupo Central)respectivamente para o (453) Tea e o (447) Valentine.

OASA finalmente reabre



Ribeira Grande, 15 de Outubro – O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande congratulou-se ontem com a reabertura do Observatório Astronómico de Santana (OASA), sedeado na vila de Rabo de Peixe junto ao clube de Tiro de São Miguel.
Ricardo Silva acompanhado do director regional da Ciência e Tecnologia, João Luís Gaspar visitou o OASA, uma infraestrutura que reabre após resolvido o conflito existente entre a Associação Portuguesa de Astrónomos Amadores, primeira entidade gestora e o Clube de Tiro de São Miguel.
A resolução do diferendo entre as entidades envolvidas no OASA, num processo mediado pelo Governo contou com uma grande colaboração do presidente da Câmara da Ribeira Grande. Ricardo Silva foi o próprio a relembrar todo o esforço levado a cabo pela autarquia para manter um “diálogo aberto” entre o Clube Tiro de São Miguel e a direcção regional de forma a “resolver um mal-entendido que estava a prejudicar a educação da crianças e jovens do concelho e ilha”.
Veja a restante notícia aqui

Sobre o diferendo que levou 7 anos (??)a resolver consulte este site

quinta-feira, outubro 16, 2008

O cometa Holmes visto pelo Spitzer



Só agora foram divulgadas imagens do cometa Holmes visto pelo telescópio espacial da Nasa, o Spitzer, cuja habilidade é poder "ver" no espectro infravermelho. As suas imagens colocaram em evidência a existência de jactos de pequenas partículas de silica que parecem ser o resultado de uma explosão verificada no cometa, tal como a provocada no cometa Tempel 1 pela missão Stardust ou ainda pelo "outburst" co cometa Hale-Bopp em 1995 (acompanhámos ambos).
Interessante se compararmos a imagem do Spitzer com aquelas obtidas por nós, depois de devidamente tratadas com filtors de gradientes rotativos e que mostravam também os "streamers" ou jactos em torno do cometa com uma orientação exactamente consonante com a do vento solar.
Aqui ficam as imagens:






Mais informação aqui.

quarta-feira, outubro 15, 2008

Observatório Astronómico da Ribeira Grande promove actividades de divulgação científica



“O Centro de Ciência da Ribeira Grande tem de se assumir como um espaço de excelência para a difusão da cultura científica na área da Astronomia, constituindo-se como parceiro da rede de instituições do Sistema Científico e Tecnológico Regional que contribuem para a consolidação da Sociedade do Conhecimento”. A afirmação foi feita por João Luís Gaspar durante uma visita àquela infra-estrutura com Ricardo Silva, presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande no dia 14 deste mês.