segunda-feira, dezembro 10, 2012

A nebulosa de Orion


Depois de um largo período de mau tempo finalmente o céu contemplou-nos com uma "aberta" que permitiu fazer esta imagem da Nebulosa de Orion.
Celestron 203mm f/10 e Canon 350D modificada.

quarta-feira, novembro 28, 2012

O Segundo Minuto


Lançamento da obra «O Segundo Minuto» (Letras Lavadas, 2012), de João Pedro Porto.
O livro será apresentado por Urbano Bettencourt na livraria Bertrand no Parque Atlântico - S. Miguel, no dia 29 novembro  2012 pelas 18:30 horas.

domingo, novembro 25, 2012

24º Ciclo Solar um dos menos ativos da história

O Sol apresentava 4 grupos de manchas solares sendo que a região ativa 1618 a rodar nos próximos dias no limbo oeste, foi palco de atividade magnética intensa com fulgurações da classe M e C, mas nada comparável com o mesmo momento do anterior ciclo. O atual 24º Ciclo Solar tem-se revelado muito anormal podendo ser considerado o de menor atividade magnética. Muito provavelmente irá mostrar dois picos de atividade mas com uma configuração "flat". Por altura de meados do ciclo anterior advogavamos já que este ciclo seria muito baixo podendo mesmo estar na futura génese de um arrefecimento climático acentuado.

sexta-feira, novembro 09, 2012

AutoStakkert!2 vs R6

Em dezembro de 2011 fizemos um video com 900 frames que posteriormente havia sido processado com o software RegiStax 6. Agora processámos este mesmo video, obtido com uma SPC900nc em foco primário com uma barlow 2,5x num C8, utilizando o novíssimo software AS!2 e com espanto registamos a capacidade deste soft para extrair informação para além do tempo muito mais reduzido em que o fez.
Daqui prá frente...só AS!2

quarta-feira, outubro 31, 2012

Rubrica OASA (Rádio Nova Cidade)

Todas as sextas-feiras, às 10h00, o Observatório Astronómico de Santana - Açores (OASA) dinamiza uma rubrica sobre Astronomia, na Rádio Nova Cidade, 105.5 FM. A rubrica está inserida no programa "Hora de Acordar", apresentado por Fábio Barbosa.

sábado, outubro 27, 2012

O cometa Hergenrother cindiu-se em dois núcleos

Numa das imagens obtidas em 16 outubro, resultado da integração de 22x45 segundos a 1600iso com Canon 350D e um C8 a f/10, parece existir o início da fragmentação do núcleo do cometa. Depois de entrar em "outburst" apresentando magnitude visual de 9,4 nesta imagem de 16/10/2012 (calculada com softawre Iris, o núcleo partiu-se em dois tendo sido dado noticia em 26 deste mês pela equipa do telescópio Faulkes North (F65) ,liderada por Ernesto Guido et al.
Ver http://remanzacco.blogspot.it/2012/10/splitting-event-in-comet.html
A imagem aqui presente foi tratada com o MaximDL em cores falsas.

O disco solar a 27 de Outubro

domingo, outubro 21, 2012

O Sol a 21 outubro 2012

A nova região ativa a SE lançou ontem uma fulguração M9

quarta-feira, outubro 17, 2012

Cometas no Pégaso

Cometa C/2012 J1 Catalina fez a sua maior aproximação á Terra no dia 16 de Outubro (2,33 UA)
Descoberto por A. R. Gibbs (Catalina Sky Survey) a 13 de Maio deste ano.



Cometa 168P Hergenrother visto a 16 de Outubro deste ano tem mantido o seu progressivo aumento de brilho com um núcleo muito condensado e apresentando agora duas caudas.

segunda-feira, outubro 15, 2012

Cometa Hergenrother no dia 14 de Outubro

15 imagens de 40 segundos centradas no campo estelar
Aparentemente o cometa apresenta uma magnitude entre 8,5 e 9.

 15 imagens de 40 segundos centradas no cometa
O cometa no SkyMap referenciado com magnitude 15,4

terça-feira, outubro 09, 2012

Um cometa em "outburst"


Na constelação de Pégaso a poucos graus da sua estrela alfa (Alpheratz) transitava o cometa 168P / Hergenrother que segundo as estimativas deveria neste momento apresentar uma magnitude visual de 15,3.
No entanto, eis senão quando o cometa entra em "outburst" por razões ainda desconhecidas passando repentinamente para uma magnitude de 9,5 tornando bastante pronunciada a sua cauda e uma vasta cabeleira. Esta imagem resulta do "stack" de 10 outras com a duração total de 450 segundos que foi o tempo permitido pelas condições atmosféricas (muitas nuvens e vento norte). O telescóipio usado foi um C8 a f/10 com uma Canon 350D modificada (sem filtro de origem) e com um filtro anti-poluição luminosa.
Sobre o espetáculo que este cometa está a dar consulte


quarta-feira, setembro 26, 2012

Manchas solares

Dois novos grupos de manchas solares acabam de rodar a SE, a RA 1579 e a RA 1582, ambas com o perfil Cso e prometendo alguns desenvolvimentos que cada vez são mais raros neste ciclo solar.
A imagem foi obtida em Ponta Delgada pelas 13:30 hora local com um ETX90mm f/13 e uma SPC900NC.

segunda-feira, setembro 17, 2012

Arcturus a estrela gigante laranja


Arcturus foi a estrela que nos guiou na colocação em estação da montagem equatorial e nos ajudou na focagem da sessão da noite de 15 de setembro. É  uma estrela gigante vermelha do tipo K1.5 IIIpe com emissões espetrais peculiares plenas de linhas de emissão. É 110 vezes mais luminosa que o Sol sobretudo na emissão infra-vermelha.


Possui uma magnitude visual de -0,04 fazendo-a a estrela mais brilhante a norte do equador celeste e situa-se na constelação de Bootes (Boieiro) a 36,7 anos-luz do nosso planeta.

domingo, setembro 16, 2012

Um cometa ladeado por enxames estelares

Messier 3

Cometa c/2011 F1 Linear

Messier 13

A noite de 15 de Setembro foi favorável á obtenção de imagens devido á presença da depressão "Nadine" a NW.
Com exposições de 45 a 50 segundos adicionámos 18 imagens do cometa que se apresenta com magnitude aproximada de 11 e revela uma extensa cauda de poeiras.
Notar a coloração avermelhada das estrelas da M3 em comparação com as da M13, devido ao facto da primeira se situar já muito baixa no horizonte sofrendo por issso do efeito de "extinção" enquanto a segunda se apresentava quase no zénite.

quinta-feira, agosto 23, 2012

Um livro para férias

 
Uma coletânea de contos de fição cientifíca a ler em férias sobre as primeiras viagens á Lua de autores como C. Clarke e Asimov que nas suas visões futurísticas nos fazem viajar até aos anos sessenta e setenta do século passado, anos ímpares no conhecimento científico.
O título, edição de 2009, fez-nos recordar também o nosso projecto de  2001 "Com a Cabeça na Lua" de divulgação da Astronomia e implementado pelo então Núcleo Açoriano da APAA.

terça-feira, agosto 21, 2012

Spica, Saturno e Marte

A estrela Spica, Saturno e Marte sobre a casa dos avós da Carolina em Rocas do Vouga

terça-feira, agosto 07, 2012

Um livro para férias


TIBALDO E O BURACO NO CALENDÁRIO por Abner Shimony
Uma história que explica um acontecimento divertido do meio cintífico e cultural da Itália do século XVI, quando em 1952 as imprecisões do calendário romano de Julio César, fizeram com que, ao longo de muitos anos, o verão se fosse deslocando em relacão á sua tradicional estação e a reforma do calendário pelo Papa Gregório XIII iria retirar 10 dias ao mês de outubro.
Com ilustrações do género Renascentista, o livro dá-nos uma visão da época da Renascença sobre a Astronomia e outras ciências como a medicina praticada na altura.
Um livro leve próprio para férias e que constitui uma ótima introdução á compreensão de muitos problemas astronómicos e de como foram resolvidos.

quinta-feira, julho 19, 2012

Cometa C/2011 F1 (Linear)



O cometa C/2011 F1 (LINEAR) em 29 de julho aproximar-se-á do nosso planeta (2.78 UA) mas apesar disso a sua magnitude não tem evoluído como se esperava, continuando a apresentar um valor entre 11 ,5 e 12,00. Situa-se entre as constelações do Boeiro e Ursa Maior nas coordenadas R. A 14 03 31.7 e Declinação +40 06 20.


A imagem resulta da integração de 11x 40s com Canon 350D modificada a 1600ISO e em foco direto num Celestron 203mm f/10 , obtida em Ponta Delgada no dia 17 de julho de 2012.


Mapa da região abrangida pelo sensor da Canon 350D mostrando exatamente a posição do cometa em relação aos corpos estelares e galáxias (duas PGC) ali presentes.

domingo, julho 08, 2012

Grande atividade magnética no Sol

Enquanto a RA1514 desaparece no limbo SW depois de ter produzido uma fulguração da Classe X1.1, outra mancha solar do tipo magnético beta-gama-delta surge a SE com um tamanho de uma ponta a outra de cerca de 127.000 km (10 Terras) e com potencial para produzir outras fulgurações de grande potência que a serem nos próximos dias atingirão o nosso planeta. A acompanhar com atenção!
As imagens foram feitas com um ETX90mm a f/13 e uma webam SPC900nc da Phiilips em foco direto.

Continuamos a aguardar o despoletar de uma EMC

segunda-feira, junho 25, 2012

Os Açores vão ter um Planetário

Ribeira Grande vai ter um planetário (vídeo) - Notícias - RTP Açores

A infra-estrutura, além do planetário fixo digital, irá contemplar a construção de um auditório com capacidade para 70 pessoas, roteiros digitais e espaços para exposições interactivas e multimédia.


Bandeira do OASA (por Pedro Garcia)

quinta-feira, junho 14, 2012

Ejeções de Massa Coronal

A imagem mostra 3 regiões activas, sendo a maior a RA1504 que nas últimas horas lançou para o espaço em direção ao nosso planeta uma Ejeção de Massa Coronal a 1360 km por segundo e que deverá atingir a Terra no dia 16 pelas 14:00 h TU. Na imagem aparece uma pequena fulguração na luz visível.
300 fotogramas obtidos com QCam Focus e tratados com o RegiStax 6. Obtidos com uma SPC900nc e um ETX 90mm f/13 em Ponta Delgada pelas 17:00 h TU.

Astronomia na Madeira

Astronomy Week in Madeira, Portugal
P. Augusto, J. L. Sobrinho


Filipe Alves, Astrónomo Amador Português, descobre nebulosa planetária


quinta-feira, junho 07, 2012

Uma supernova na NGC4424

SN2012cg também conhecida como PSN J12271283+0925132, CBET 3111, descoberta em 2012/05/15.790 pelo Lick Observatory Supernova Search


Encontrada na galáxia NGC 4424 com as coordenadas AR = 12h27m12s.83, Decl. = +09°25'13".2

Localizada a 17".3 leste and 1".5 sa sul do centro da NGC 4424

Apresenta neste momento uma Magnitude 11.9.
Vê-se tambem a galáxia NGC4417 no canto inferior direito.
 
A imagem é o resultado da integração de 11x40s com uma Canon 350D modificada a 1600iso e em foco primário num Celestron 203mm a f/10.
Obtida em Ponta Delgada, Fajã de Baixo em 6 de junho de 2012, entre as 22:30 e as 23:00 UT.
 

quarta-feira, junho 06, 2012

OASA e o Trânsito de Vénus


Como havia sido anunciado na rádio (Rádio Atlântida e Nova Cidade) e jornais (Açoriano Oriental), realizou-se na sede do OASA uma conferência transmitida pela internet sobre o Trânsito de Vénus, que contou com cerca de 22 participantes em sala (o que ultrapassou as nossas expetativas, dado o evento acontecer num dia de semana) e 73 acessos pela internet. A apresentação focou aspetos históricos dos trânsitos de Vénus, a explicação matemática do fenómeno e o seu enquadramento no cálculo da Unidade Astronómica. Foram apresentadas imagens feitas em S. Miguel durante o trânsito de 2004 e produzidas explicações técnicas sobre os procedimentos na sua obtenção. A sessão terminou com a audição da Marcha do Trânsito de Vénus da autoria de John Philip de Sousa, um açor-americano descendente, cujos ascendentes do lado paterno eram naturais da ilha de S. Jorge.
Após a conferência foram visualizadas transmissões em direto pela internet do fenómeno, lançadas pela NASA e pelo Observatório Kecke do Hawai. Seguiu-se finalmente uma sessão de observação astronómica centrada em Saturno e no nosso satélite selenita.
Com esta realização sentimo-nos irmanados e fazendo parte da grande comunidade internacional de astrónomos profissionais e amadores que com os seus instrumentos e observatórios acompanharam este trânsito.
Aqui ficam algumas imagens do evento.

A apresentação do orador feita por Pedro Garcia

domingo, junho 03, 2012

Palestra no OASA: os trânsitos de Vénus


No próximo dia 05 de junho, o Observatório Astronómico de Santana – Açores (OASA) irá abrir na noite em que acontece o último trânsito de Vénus do século XXI, apesar de este não ser visível nos Açores. Todos os que nos visitarem poderão par...ticipar numa palestra, acompanhar o fenómeno através de uma transmissão digital e ainda participar numa observação noturna.

Nesta noite, a partir das 21h00, quem visitar o OASA poderá participar numa palestra a cargo de João Porto, astrónomo amador que explicará tudo sobre os trânsitos de Vénus e, especialmente, sobre o anterior trânsito de 8 de junho de 2004, o qual acompanhou e registou dados para uma rede mundial lançada pelo European South Observatory (ESO).

A partir das 22h00, no momento em que se inicia este raro fenómeno astronómico, iremos projetar a transmissão do fenómeno, a partir do Pacífico. E teremos, claro uma pequena observação noturna para todos os presentes.

Caso não possa deslocar-se ao OASA, pode ver, através da página do OASA, a transmissão, em direto, da palestra e do trânsito de Vénus.


Saber mais ...

quarta-feira, maio 23, 2012

WETA 2012 de 25 a 27 de Maio

No Centro de Ciência de Angra do Heroísmo

Depois de um intenso fim-de-semana em torno das técnicas de astrofotografia webcam e DSLR com um naipe de participantes muito interessados, aqui ficam algumas fotos a documentarem o evento.
Foram explorados os temas da operação com montagens goto, técnicas e procedimentos de utilização de webcams e DSLR`s e pré-processamento de imagens com software Iris e RegiStax.


Na foto, da esquerda para a direita: Paulo Pereira, Miguel Tavarela, Valentina Santos, Maria João e Carlos Leal.

Como colocar em estação uma montagem goto (EQ5 com um SkyWatcher 150mm) e operação com webcam e DSLR
O apoio do Observatório Astronómico de Santana Açores (OASA) foi imprescindivel na concretização deste evento, tendo sido colocados dois equipamentos no CCAH.


Duas exposições fizeram parte deste WETA, uma sobre webcams e a outra versando o tema das câmaras reflex para astronomia.




O processamento de imagens foi feito com os software Iris e RegiStax v5 e com imagens planetárias e de céu profundo. A explanação era controlada centralmente pelo formador e projectada num écran e numa TV onde os participantes podiam acompanhar passo-a-passo as diversas etapas.

O Centro de Ciência de Anhra do Heroísmo dispõe de recursos informáticos e de apoio á formação de grande nível bem como de uma equipa de técnicos(as) muito dinâmicos(as)

Imagens resultantes dos processamentos (Horse Head Nebula e Júpiter)