domingo, setembro 11, 2011

RA1289 com uma Ponte de Luz


A Ra 1289 apresentava uma gigantesca "ponte de luz" que poderia nas próximas horas ser o centro de uma fulguração de classe X direcionando para o nosso planeta radiação UV e X.
Outra RA mais recente a RA1290 tinha uma tipologia Dro e polaridade beta sem contudo apresentar hipóteses de actividade magnética importante. Outra RA, a 1287 estava estável apresentando-se como uma Hax.

terça-feira, setembro 06, 2011

O Sol


A Região Activa 1283 lançou uma Fulguração pelas 01:53 UTC do dia 6 de Setembro. Esta explosão solar atingiu a escala M5.3 e direcionou para o nosso planeta uma poderosa carga de radiação ultravioleta.
Uma nova região surgia no bordo NE sob a forma de uma Axx gigante.

domingo, setembro 04, 2011

Supernova na M101


Situada a 58",6 W e 270",7 S do centro da galáxia M101 é do tipo Ia e foi descoberta a 24 de Agosto pelo Palomar Transient Factory.
Imagem resultante da integração 18x60s com Celestron 203mm f/10 e Canon 350D modificada com filtro CLS clip system a 1600ISO.

sexta-feira, setembro 02, 2011

Azores School on Observational Cosmology


No âmbito da “Azores School on Observational Cosmology” que decorre em Angra do Heroísmo de 1 a 5 de Setembro irão realizar-se actividades de divulgação científica acessíveis a todos. Contamos com a vossa presença e agradecemos que divulguem junto de potenciais interessados.

sexta-feira, dia 2 de Setembro, 21h, Paul da Praia (junto à pérgula):

O lado escuro do Universo , por Carlos Martins - Investigador Ciência2007, do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto e visitante na Universidade de Cambridge

Resumo:

A cosmologia e a física de partículas atravessam um período particulamente interessante. Por um lado, ambas possuem modelos-padrão que estão de acordo com uma quantidade notável de testes observacionais e experimentais. Por outo lado, indícios cada vez mais fortes sugerem que ambos os modelos estão incompletos, e que alguma da física que ainda desconhecemos está ao alcance da próxima geração de instrumentos científicos.

Esta palestra descreve o estado actual da Cosmologia (o modelo do Big Bang) e os seus grandes desafios futuros. O principal destes desafios é o facto de observações recentes sugerirem que 96% do conteúdo do universo se encontrar em formas (conhecidas como matéria escura e energia escura) que não foram ainda detectadas experimentalmente e são apenas conhecidas pelos seus efeitos gravitacionais.

A apresentação será seguida por observação do céu com telescópios.

Sábado, dia 3 de Setembro, 14h30, no Pequeno Auditório do Centro Cultural e de Congressos de A. H.

Apresentação multimédia :

Gravitational Waves: Listening to the True Music of the Spheres!, por Bernard Schutz (autor e orador), Director do Max Planck Institute for Gravitational Physics (Albert Einstein Institute) e Professor na Universidade de Cardiff.

Resumo:

In the coming decade scientists will open the newest window on the universe by detecting for the first time the gravitational waves that were predicted a century before by Einstein. But instead of looking through this window we will be listening to the universe through it, because gravitational waves are space-time's counterpart to sound waves, and our detectors are our microphones. In this multi-media presentation you will be able to listen to the "sounds" expected from massive black holes, colliding neutron stars, all the stars in the Milky Way, and the Big Bang itself, and you will learn just how different our experience of the universe will be once we have mastered the technology of gravitational wave detection.

Nota: A apresentação será feita em inglês.

A apresentação será seguida por observação do Sol com telescópios.