quarta-feira, julho 12, 2006

Impacto de Asteróide a Norte de Nazaré (área de Ejecta)


Esta possível zona de impacto situa-se ao nível da Peninsula Ibérica no limite CT ou Limite Cenomaniense-Turoniense que envolve mesmo extinção biológica à escala de género e espécie e ainda anomalias geoquímicas como enrequecimento em Iridio bem como a presença de sedimentos ricos em carbono de oriem orgânica. No entanto para a Nazaré e depois de sondagens feitas pelo DSDP, IPOD e ODP, feitas em frente às costas submarinas portuguesas, não mostraram alterações ou deformações do sedimento da idade correspondente ao período Cenomaniense superior. Em consequência, hoje em dia, defende-se a hipótese mais provável de que a brecha da Nazaré poder estar relacionada com processos tectónicos locais.

1 comentário:

Anónimo disse...

best regards, nice info »